quinta-feira, 26 de abril de 2012

Como acabar com seus inimigos !




Você tem inimigos?


Como lidar com as inimizades ?
Será que Deus pode nos ajudar nisso ?
Como nos livrarmos daqueles que nos perseguem ?

A fora satanás, que realmente está destinado a destruição, o que devemos esperar para aqueles que se dizem nossos inimigos?

 Não é raro ouvir alguém que se diga cristão expressar seu desejo de vingança até mesmo utilizando versos bíblicos, salmos de Davi como "...Prepara uma mesa para mim na presença de meus inimigos...".

Como agir em relação aos inimigos?
O que a bíblia realmente nos ensina sobre inimigos e inimizades ?

ESTEJA CONOSCO NESTA 
SEXTA-FEIRA  ÀS 19 Horas
Endereço:
Av. Do Canal Lt. 46 Vilar dos Teles - São João de Meriti RJ

Estaremos todas as sexta-feiras a partir de 13 de Abril 
abordando o assunto: COMO "ACABAR" COM NOSSOS INIMIGOS?

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Frutos Certos nas Árvores Certas






Bem... A bíblia diz que é pelo fruto que se conhece a árvore.

"Porque cada árvore se conhece pelo seu próprio fruto; pois não se colhem figos dos espinheiros, nem se vindimam uvas dos abrolhos" .Lucas 6 : 44

Isso deixa claro que uma fruta nascida de um pé de uva por exemplo; não pode ser outra coisa se não UVA!

Não existe a menor possibilidade da fruta mudar de espécie, pois desde que era semente já estava definido o que ela seria.
A semente está destinada a ser determinada fruta desde a sua origem.

Uma fruta pode escolher o que será ? Pode mudar sua espécie ? NÂO!
Nenhuma fruta pode escolher mudar de espécie enquanto está "verde", "de vez" ou mesmo madura.

Somos apenas homens naturais, até que a semente que é a palavra de Deus seja semeada em nós.
A partir do momento em que brota a palavra que foi semeada em nosso coração, nos tornamos novas criaturas, nascidos de Deus, enraizados em Cristo.

Na prática, uma pessoa que é nascida de Deus, deve cuidar para não dar frutos que não sejam agradáveis a Deus, e sim frutos que correspondam à semente que nela brotou, do contrário ela estará produzindo frutos estranhos, estará acontecendo uma "anomalia" por assim dizer, e esta"anomalia" acontece quando uma pessoa nascida de Deus, da lugar ao pecado.

Fique claro que estou falando de obras! As nossas obras são os frutos das sementes que temos dentro de nós.

Não devemos afirmar que pelo fato de uma pessoa ter obras ruins ela morrerá ruim, não precisa ser assim, exatamente porque se a semente de Cristo for semeada nessa pessoa, quando brotar fará com que suas obras mudem, e se tornem agradáveis a Deus.

É importante lembrarmos que embora nascidos de Deus, ainda somos e sempre seremos humanos, ou seja, somos seres espirituais habitando em um corpo mortal apaixonado pelo pecado.
Por mais que nossa alma deseje dar frutos agradáveis a Deus, nossa carne jamais se converterá e sempre desejará o pecado.

Portanto devemos ter cuidado para darmos os frutos certos, frutos do espírito, e não frutos da velha criatura, da velha natureza.

Ainda que existam vários caminhos, o caminho de quem nasceu de Deus, é o das boas obras, e em algum momento estas boas obras irão se manifestar, tem que se manifestar, pois a palavra tem que se cumprir.

 "Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas." Efésios 2:10

As obras ( Frutos ) dão testemunho da árvore, e estas obras estão preparadas de antemão para todos os que recebem a Cristo, no devido tempo surgirão.

Se a semente de Cristo foi plantada em você, e brotou, você agora nasceu de novo, sua espécie agora é a mesma de Cristo, por isso o cuidado para dar frutos compatíveis com a árvore precisa ser muito grande, pois não se pode dar frutos estranhos, anômalos, é preciso produzir os frutos certos.

A medida que nos entregamos a obra que está sendo realizada em  nós pelo Espírito Santo, os frutos certos vão surgindo, ainda que neste momento ainda não seja possível vê-los.

É em Deus que se origina a semente, portanto ele sabe exatamente que fruto esperar.

E se nascemos de Deus, somos seus filhos, e filhos se parecem com os pais, como os frutos dão testemunho da árvore, temos de dar testemunho de Deus.

A falsa doutrina do livre arbítrio serve para dar ao homem a falsa certeza de que pode escolher viver longe de Deus, mas ninguém vê uma fruta nascer, ou amadurecer, e sair de sua árvore, pendurar-se em outra, e permanecer saudável, fatalmente ela vai apodrecer.

Então não saia da árvore em que você nasceu.
Afastar-se da árvore significa desviar-se, afastar-se da árvore significa risco de morte.

Aquele que um dia caiu da árvore, desviou-se, se ele realmente nasceu de Deus, um dia terá de voltar pois Deus preparou de antemão as obras nas quais ele deve andar, e a vontade de Deus sempre se cumpre.

Deus nunca arranca a  fruta da árvore e a lança fora, ele a corrige no pé.

O que nasceu de Deus ainda que esteja perdido, não deixa de sê-lo, em algum momento ele vai sentir a ardente necessidade de estar ligado a videira, e voltará.

E aquele em que a semente já brotou, aos poucos vai sendo transformado, é só uma questão de tempo como com qualquer fruto.

Infelizmente existem muitas contradições doutrinárias por aí, mas a palavra de Deus analisada tendo Jesus como o centro de tudo e não homem, e com o auxílio do Espírito Santo, claro, nos trás revelações surpreendentes.

Convergência Reinista 2018