Pular para o conteúdo principal

Postagens

1° Jornada Reinista na Europa

Postagens recentes

Causa e Coisas

Vivemos em um mundo onde as COISAS são tão valorizadas a ponto de as pessoas serem capazes das mais variadas façanhas, ou atrocidades a fim de conseguirem as coisas que desejam, desde uma "mentirinha com boas intenções" até desatinos como tirar a vida de outras pessoas.

As coisas exercem um poder muito grande sobre as pessoas, um fascínio por vezes maligno, alimentado pelas paixões de cada ser humano, mas há um efeito colateral nem sempre aparente, quanto mais nos apegamos a alguma coisa, mas essa coisa exerce domínio sobre nós. Leia o que nos ensina o apóstolo Pedro. "...Pois o homem é escravo daquilo que o domina." II Pedro 2:19b Quais são as coisas te dominam? Que coisas são capazes de exercer tamanho fascínio sobre você, que lhe toma maior parte de seu tempo, das suas finanças, da sua saúde e etc.?
Essas coisas, podem estar te escravizando sem que você perceba!
Por mais que muitas coisas nos sejam necessárias, é preciso tomar cuidado para que elas não nos escravi…

16° Convergência Reinista

Porque o perdão de Deus só foi possível com a morte de Cristo?

Que sentido faz Cristo ter que morrer para que Deus possa nos perdoar? - Por Hermes C. Fernandes 

Tomando por certa a disposição de Deus em nos perdoar graciosamente, deparamo-nos com uma intrigante questão: qual teria sido a necessidade da morte vicária de Cristo? Ou em outras palavras: por que Cristo teria que se oferecer pelos nossos pecados?

Não seria mais simples se Ele tão somente nos perdoasse? Não é justamente isso que Ele requer que façamos àqueles que nos magoam?

Na oração do Pai Nosso, Jesus nos ensina a pedir que sejamos perdoados assim como temos perdoado os nossos devedores.[1] Não há ali qualquer menção à reparação do dano. Perdoar é abrir mão de um direito. É aceitar o prejuízo. Se devemos buscar o padrão divino (“Sede imitadores de Deus como filhos amados”[2], lembra?), então, nada mais justo do que perdoar mediante reparação. Mas, peraí, isso não seria perdão!

É verdade que o pecado se constitui uma dívida com Deus. Ele nos fez com um propósito específico, mas insist…

Porque conhecer a Igreja REINA ?

Porque você deve conhecer a Igreja REINA em Vilar dos Teles?

Porque somos uma comunidade formada por seres humanos como você, que sorriem, que choram, que sofrem, que levantam cedo para trabalhar, chegam em casa com saudade da família, que têm problemas para resolver, não somos infalíveis ou perfeitos e etc.
Porque somos brasileiros e não desistimos nunca!
Acreditamos em dias melhores, em um mundo melhor, convencidos por Cristo de que esta é a vontade de Deus, embora ainda vivamos em um mundo em crise.

Então qual é a "vantagem"?

É que não precisamos lutar para sermos anjos, semi-deuses, ou adotar nenhuma alienação, e sim, contarmos com a graça de Deus, para sermos seres humanos melhores do que nós mesmos, a cada dia, para Deus e para o nosso proximo.
E todas as demais coisas Cristo acrescenta à seu modo amoroso, e perfeito.

Faça-nos uma visita
Você pode nos ajudar a sermos pessoas melhores! E teremos muito prazer em poder ajudar.

#igrejaReinaVilardosTeles
Igreja REINA em Vil…

O Desaforo de uma graça radical

O DESAFORO DE UMA GRAÇA RADICAL - Por Hermes C. Fernandes
Bispo Primaz da REINA

A gente costuma dizer que crê na graça, mas desde que seja uma graça moderada, que não cometa a indiscrição de insultar nosso senso de justiça própria. Porém, a graça oferecida em Cristo é desaforada e escandalosamente radical e subverte nossa lógica fundamentada na performance e no mérito. Como entender que o Deus santo e justo poderia se relacionar com gente de nossa laia sem impor qualquer condição? E como admitir Sua disposição em aceitar em Sua companhia gente ainda pior do que nós? Quanta petulância achar que a graça só pode alcançar pessoas do nosso nível para cima, como se representássemos uma espécie de padrão mínimo. Qualquer que consideremos abaixo desta linha é simplesmente inalcançável.

Ultrajados em nossa presunção religiosa, estabelecemos condições sine qua non que devem ser preenchidas para que pecadores iguais ou piores do que nós sejam aceitos por Deus. Em nossa mentalidade medíocre Deus f…