Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2011

O Cálice do Altruísmo

... Lá estava Jesus, antes de ser crucificado, quando orou dizendo: "Pai meu, se este cálice não pode passar de mim sem eu o beber, faça-se a tua vontade."  (Mateus 26 : 42)
Imagine se Jesus neste momento tivesse pensado apenas em si mesmo, e eu afirmo que ele pensou em si, tanto é verdade que ele disse: "... Sem eu o beber..." porém a sua oração não terminou aí! Jesus continuou  a orar e disse mais: "...faça-se a tua vontade.". 


Logo percebemos que embora ele tenha vislumbrado o seu próprio sofrimento; o que o levou a pedir livramento daquela cruz, ele não pensou apenas em si mesmo.
Ele pensou no Pai, e em sua vontade, ele pensou na humanidade.
Talvez se Jesus pensasse como muitos de nós ele argumentaria com o pai dizendo: " Mas eu sou o filho de Deus altíssimo, não vou me sujeitar a isso, ainda mais por gente que merece a morte, e mesmo pelos justos não vou morrer! O SENHOR que faça justiça por eles."


Mas Jesus foi obediente ao pai, e obediente até …

Carne ou Gordura ?

De maneira geral o que devemos dar ao SENHOR?   A maior dificuldade que temos é dar o nosso melhor, o que é bom, mas é dispensável, ou podemos viver sem, isso nos dispomos a dar, não somente a Deus como também a qualquer pessoa. Dar o que vai nos fazer falta, vai fazer diferença para nós, é que é a questão. Vejamos as ofertas de Caim e Abel, a bíblia diz que Abel ofereceu maior sacrifício do que Caim, muito se fala sobre isso, há quem diga que Abel dava a Deus o melhor e Caim dava o resto, não acredito nisto, a bíblia não diz isto, mas podemos entender melhor esta questão analisando o texto de I Samuel 2:12-17:
“Eram, porém, os filhos de Eli filhos de Belial; não conheciam ao SENHOR.Porquanto o costume daqueles sacerdotes com o povo era que, oferecendo alguém algum sacrifício, estando-se cozendo a carne, vinha o moço do sacerdote, com um garfo de três dentes em sua mão;E enfiava-o na caldeira, ou na panela, ou no caldeirão, ou na marmita; e tudo quanto o garfo tirava, o sacerdote tomava …

Cara e Coroa – A Bondade e a Justiça de Deus

A bondade é uma das características divinas das quais o ser humano mais abusa!  Muitas pessoas acreditam que não importa o que elas façam de errado; a bondade de Deus irá ser aplicada e tudo ficará bem; como se nada tivesse acontecido. Muitos chegam a pensar que todo ser humano no fim da vida, irão “para o céu”, serão salvos, alguns dizem que Deus é tão bom que não permitirá que ninguém vá para o inferno, e por isso pecam deliberadamente, outros vivem de uma maneira promíscua, e arrogantemente afirmam que se Deus realmente é Deus, e é bom, então irá perdoar e salvá-las. SIM, ele perdoa mas não livra o homem da conseqüência de seu erro, e isso é justiça, ele não” passa a mão na cabeça” de ninguém, o perdão de Deus é sincero mas não é cego para que justiça não seja feita.

Davi quem o diga Deus lhe perdoou pelo adultério com Bate-Seba, mas não permitiu que a criança crescesse
“Porque, pois, desprezaste a palavra do SENHOR, fazendo o mal diante de seus olhos? A Urias, o heteu, feriste à es…

Encarando a Tempestade

MATEUS 14:22-27


Jesus ordenou que os seus discípulos entrassem no barco, e fossem adiante para o outro lado, enquanto ele despedia a multidão, logo em seguida ele foi orar. Tempos depois enquanto ele estava no monte o barco com os discípulos já estava em alto-mar sendo açoitado pelas ondas; porque o vento era contrário.
Como explicar que os discípulos obedecendo uma ordem de Jesus, acabaram enfrentando uma grande tempestade em alto-mar, enquanto ele estava só em terra firme ?
Nem sempre uma ordem de Deus poderá ser cumprida sem problemas, é muito provável que enfrentaremos alguma adversidade, mas Deus é o responsável pela missão que dá e a conduz como quer.
Deus não nos chama para fazer em nossa vida tudo o que queremos, mas para atender a propósitos que vão além das nossas vontades.
Nos mandar ao mar, ou para terra firme, faz mais diferença para nós do que para Deus, isso porque ele tem poder sobre todas as coisas, e nós preferimos as coisas que achamos que podemos controlar.
Os discípulos…

A espada de Deus está ao seu favor ou contra você?

Quando o Senhor se torna adversário de um profeta. Números 22, 24
                Lá estava Balaão junto ao rio Eufrates quando mensageiros enviados por Balaque rei dos moabitas; rogaram-lhe segundo as palavras de seu rei, que Balaão fosse com eles para amaldiçoar o povo de Israel que vinha do Egito e era muito numeroso e acampara defronte de as suas terras causando medo em todo o povo. Balaque acreditava que como profeta o que Balaão amaldiçoasse seria amaldiçoado, e o que Balaão abençoasse seria abençoado, então desejou que Balaão profetizasse em seu favor e dos moabitas para que guerreassem contra os Israelitas e vencessem esta guerra. E enviou insistentemente mensageiros para trazerem Balaão ao seu encontro.                 Balaque comprometeu-se a honrá-lo grandemente, e Balaão recusou a oferta mesmo que esta fosse a casa do rei cheia de prata e ouro, e consultando ao SENHOR sobre o que fazer, a ordem foi para Balaão ir com os mensageiros caso eles voltassem para chamá-lo, e pela ma…

Cadê os Méritos da Jumenta?

Números 22:21-41
Para quem acha que Deus usa o homem de acordo com seus méritos, eis a pergunta: Que méritos tinha a mula que Deus usou para falar com Balaão? Geralmente o homem busca em si mesmo motivos para ser usado por Deus, algo que o faça digno de ser um grande profeta, pastor ou algo do tipo, e por isso faz grandes ofertas, pensa que por ter entregado o dízimo; Deus está obrigado a falar em seus lábios, muitos fazem sacrifícios tolos, jejuam a ponto de prejudicar a própria saúde, para depois apresentarem isso a Deus como se tal coisa pudesse constrangê-lo em seu favor. Tudo que fazemos para Deus deve ser por gratidão, e não para exigir algo em troca, infelizmente isso é uma prática em nossos dias: Fazer para receber, ao invés de fazer para agradecer. A graça de Deus é a única causa de sermos usados por Ele, é claro que devemos viver uma vida de santidade, de devoção e de amor a Deus, porém sem querer me valer disto para exigir que Deus me use, me usando ou não, viver corretamente d…

Para toda justificativa do homem Deus tem uma saída

Você costuma para tudo ter uma justificativa? Repare que sempre temos uma justificativa quando somos cobrados, quando as coisas não saem conforme o planejado, principalmente quando somos a vítima, e às vezes usamos as circunstâncias para nos fazermos de vítimas. Vejamos o que a Bíblia nos mostra sobre isso:
1.Sara justificou-se com sua já avançada idade, e Deus ainda assim lhe concedeu Isaque. Gênesis 18.13-14Disse o SENHOR a Abraão: Por que se riu Sara, dizendo: Será verdade que darei ainda à luz, sendo velha? Acaso, para o SENHOR há coisa demasiadamente difícil? Daqui a um ano, neste mesmo tempo, voltarei a ti, e Sara terá um filho.
2.Jeremias justificou-se dizendo que “não sabia falar” Deus então lhe mandou falar, pois ele mesmo colocaria palavras em seus lábios. Jeremias 1.6-8Então, lhe disse eu: ah! SENHOR Deus! Eis que não sei falar, porque não passo de uma criança. Mas o SENHOR me disse: Não digas: Não passo de uma criança; porque a todos a quem eu te enviar irás; e tudo quan…

Quais são os Direitos de Deus ?

--> Num rápido apanhado do livro de Jó percebemos algo que muitas vezes na vida nós também fazemos BARGANHAR COM DEUS! Basta percebermos que as coisas não vão bem que começamos a nos lembrar e a lembrar a Deus nossas boas ações, nosso bom caráter, e como somos cristãos exemplares. Após Jó se queixar de seu sofrimento, Deus fala com ele, em meio a tantas lamúrias, Deus com sua grande misericórdia se fazer ouvir por Jó, que apresentou para Deus todo o seu gabarito, suas virtudes, e que na verdade já eram conhecidas por Ele. Deus não provou a Jó porque era um servo mal, pelo contrário, Deus mostrou a satanás como Jó era um homem reto, integro temente a Deus e que se desviava do mal (Jó1:1-12). Entretanto se Deus o provou sabia que ainda havia coisas que Jó só aprenderia por meio do sofrimento. Existem lições que não aprenderemos se não for por meio do sofrimento, inclusive a não barganhar com Deus. Durante o sofrimento Jó falava como se Deus não tivesse direito de permitir que ele sof…

Hermes C. Fernandes: Carta Aberta do Rei Momo às Igrejas

Hermes C. Fernandes: Carta Aberta do Rei Momo às Igrejas:


Gostaria de expressar minha gratidão por deixarem a cidade inteiramente entregue ao meu reinado. Acho que refugiar-se num retiro foi a melhor coisa que vocês poderiam fazer durante o período carnavalesco.
Estou muito à vontade. Não se preocupem com as almas perdidas, eu cuidarei de cada uma delas pessoalmente, garantindo-lhes muita folia, seguida de tristeza sem fim. Confetes sucedidos de cinzas, fantasias em vez de vestes de louvor, espírito abatido em vez de alegria perene.
Eu deveria condecorar vocês! Seus pastores são meus heróis. O que seria do carnaval se vocês continuassem por aqui, nos importunando, com suas igrejas abertas para receber meus súditos? Prefiro vê-las com as portas fechadas... assim, pelo menos, tenho a cidade inteira ao meu dispor.
Desejo que vocês se divirtam durante o retiro. Ouço dizer que alguns de vocês aproveitam para aprontar as suas... Já até liberei alguns enviados especiais para garantir certa medid…

Uma Igreja Para Ser Vista

A igreja tem um papel importante na sociedade além da formação religiosa que é o de formar cidadãos melhores para a sociedade e, para o mundo, assim a igreja forma também cidadãos para o reino de Deus.
Além de atuar na formação religiosa do indivíduo, a igreja precisa atuar na formação do caráter, da personalidade, na formação cultural, educativa, dos indivíduos.
A Igreja REINA acredita que a manifestação do reino se Deus se dá através do conhecimento e, da aplicação dos princípios do reino no cotidiano de cada indivíduo em todos os aspectos de sua vida, e em todas as esferas da sociedade.
Um indivíduo que conheça os princípios do reino de Deus, e aplique-os em sua vida diária, torna-se um indivíduo capaz de alterar a realidade em que vive.
O compromisso da igreja é com Deus, entretanto, este compromisso faz com que a igreja se volte para o indivíduo, é uma incoerência alguém que ter compromisso com Deus, e não ter compromisso com o mundo, com a sociedade, e com a comunidade onde vive.
Est…